sábado, 3 de agosto de 2013

Resenha: O Milagre

Título: O Milagre
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Agir
Número d páginas: 328
Ano: 2010

O livro O Milagre, de Nicholas Sparks, conta a história de Jeremy Marsh, um respeitado jornalista que não consegue emplacar um relacionamento afetivo que o faça feliz. Acostumado a viajar pelo mundo á caça de lendas urbanas, Jeremy parte em direção a uma cidadezinha oa sul dos Estados Unidos para investigar as misteriosas luzes de um antigo cemitério escravo que teria sido alvo de uma maldição.
Lá ele conhece a bela Lexie Damell, que irá ajudá-lo em sua fantasmagórica missão. Prestes a descobrir um segredo que poderá abalar os alicerces da comunidade, esse implacável destruidor de mitos terá de se confrontar com o único fenômeno que considera genuinamente misterioso e sobrenatural: uma paixão. Falando dos riscos que devemos correr e dos caminhos ditados pelo coração, O Milagre fará com que você também acredite no amor.

Confuso. É assim que eu me sinto ao tentar resenhar o livro que, na minha opinião, é digno do título de MAIS ARRASTADO do brilhante Nicholas Sparks. No comunicado do domingo mesmo eu já havia deixado claro que não estava satisfeito com a leitura do mesmo e, bem, confesso que até mudei a minha opinião quanto a história de Jeremy e Lexie, mas não cai de amores por ela, como sempre acontece, em se tratando de NS.
O livro tem um começo que me fez desistir não sei quantas vezes e fazer qualquer outra coisa. Os primeiros capítulos vão construir muito bem, por enquanto, a personalidade de Jeremy e, por mais que tenhamos a mania do "Sei" em comum (Jeremy e eu.), não é o galã mais encantador de Sparks.
Jornalista, Jeremy é chamado a uma pequena cidade no sul dos Estados Unidos, por Doris (A melhor personagem do livro. Como eu queria ter uma vó como ela ♥.), para desvendar as aparições de misteriosas luzes no cemitério da cidade, atualmente abandonado.
É no cemitério que Jeremy conhece a bela Lexie e, bem, ao tentar resolver o mistério, com a ajuda dela, claro (Ah, ela é a bibliotecária da cidade.) se depara com o maior dos mistérios da humanidade: o amor.
O livro não é de todo ruim e com um tempo a narrativa flui maravilhosamente bem. Não é nenhum romance trágico, por assim dizer, mas é capaz de tocar o coração e por muitas vezes nos fazer ficar mais esperançosos e abertos ao amor.
Reflexivo. Essa é a melhor característica do livro. Até que ponto você chegaria por um amor de verdade? Até onde iria? Deixaria de andar sobre suas certezas e se aventuraria por um mundo totalmente novo?
Destaco ainda o ótimo casal coadjuvante Rachel e Rodney, o prefeito Gherkin e a lenda, maldição e cia. referente a história da cidade (Me peguei querendo saber mais sobre ela. Mais do que sobre os próprios protagonistas.) . 
Enfim, O Milagre é um bom livro para finais de semanas pacatos como este. Uma leitura que, depois de certo ponto, seguirá o melhor rumo possível. Até se destacar.

8 comentários:

  1. Acho que eu percebi o que falta nesse livro: um roteiro mais bem elaborado. Quero dizer, mais do que nunca Sparks parece focar apenas no fator romântico, sem imprimir um pouco de ação à história... Mas é apenas a impressão que tive pela resenha, parece ser realmente um livro pacato para finais de semanas, rsrsrs.
    Já a resenha, ficou suprema!

    Abraços!

    pecasdeoito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que você acertou em cheio no que falta ao livro. E eu não tinha chegado até essa conclusão. Tudo bem que o livro tem um enredo (Nada bem bolado por sinal.), mas não tem uma história muito convincente.
      Agradecido pelo elogio.
      Abraços (:

      Excluir
  2. Não poderia passar por aqui sem comentar na resenha do meu autor favorito.

    Pois é, infelizmente este é o livro do Sparks que a galera menos gostou.
    Leia outras obras dele e você vai se surpreender.

    Ótima resenha, abraço!

    http://likelivros.blogspot.com.br/
    Obrigado pela assistência que vem dando ao meu blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Érick :)
      Agradecido pelo comentário...
      Abração!

      Excluir
  3. Sei bem como é começar um livro e achar tudo mais interessante do que o começo da leitura. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!
    Eu tenho esse livro do Nicholas Sparks, mas ainda não comecei a ler. Mas acho que agora quero conferir de perto essa leitura, Eu adoro Nick, mas pelo que parece esse é o livro mais fraco dele né? Ótima resenha Ítalo.
    Beijos,
    Fernanda,
    Lendo & Esmaltando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabemos Fê!
      Olha, dos que eu li é o mais fraco sim. Mas ao contrário de muitos que ODIARAM, eu apenas não achei ele tão bom quanto os outros (:
      Beijo!

      Excluir
  4. Nunca li nada do Sparks, e nem tenho vontade, porque será? sauhsuahsua
    Estou certo ao dizer que ele tem uma fórmula pronta para todos os livros?

    http://estantetalvez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Weslley ;D
      Então, os primeiros livros do Sparks ate´tem aquela formula pronta tão característica dele, mas seus lançamentos estão sempre inovando e acrescentando algo a mais na história. Acho que você deveria dar uma chance a ele.
      Abraço!

      Excluir